Em um daqueles momentos de intensa conexão com a natureza, a verdade se revela e surge esse poema:

E se o vento soprar cada vez mais forte,
O sol esquentar e esquentar.
E se o mar avançar por cima dos continentes
Não teremos como impedir.

No entanto, está tudo em seu lugar.

Forças descomunais
Estão sob controle,
Mantidas de uma maneira 
Que a frágil vida possa existir.

Neste cenário preservado,
A harmonia fez a sua casa.

Ela está em todas as partes,
E tão presente,
Que eu quase posso tocá-la.



Antonio Celidonio Rocha